Ávato entrega projeto em tempo recorde para a 2ª maior indústria de celulose da América Latina

Ávato conclui projeto complexo de telecom em tempo recorde para a CMPC Brasil (Guaíba/RS), através da implementação da rede MPLS, que proporcionará o monitoramento das florestas em tempo real.


A CMPC Brasil, localizada no município de Guaíba, produz celulose branqueada a partir da fibra curta de eucalipto. Ela integra o Grupo CMPC, que foi fundado em 1920 e hoje é o segundo maior do setor na América Latina, com 45 unidades industriais em 8 países.


Já a Ávato, entrega ao mercado nacional soluções em conectividade, Data Center, Serviços de TI e segurança há mais de 25 anos, atendendo os segmentos PME, Corporativo, Grandes Contas, Governo e ISP’s. A Companhia atende as principais e mais críticas operações do RS como o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Banrisul, Exército Brasileiro, diversas prefeituras e empresas como, Grupo RBS, Grupo Ferrarin, Vipal, CMPC, Souza Cruz e muitas outras.


A demanda inicial apresentada pelo cliente, foi a construção de três torres de telecomunicações nas regiões de Rosário do Sul e Maçambará. O grande desafio encontrado pela Ávato neste projeto foi o de como melhorar a rede para agilizar o monitoramento dos hortos da empresa, já que o principal problema apresentado pela CMPC são os incêndios ocasionados nas florestas pela falta de chuva e/ou por ações do homem.


Depois de analisada, a solução encontrada para o monitoramento dos incêndios foi a implementação da rede MPLS da Ávato, integrada até a unidade industrial, com objetivo de um maior monitoramento florestal através de voz, imagem e dados. A prioridade é a segurança florestal, na qual o cliente consegue monitorar as florestas para detectar focos de incêndio à longa distância, além de proporcionar a comunicação entre as equipes de torristas, caminhões e escritórios até a empresa, que cobre praticamente mais da metade do Rio Grande do Sul.

Segundo o Sr. Héctor Saravia, responsável pelo start da operação: “hoje estamos com o projeto finalizado, porque em menos de 90 dias, entregamos aproximadamente 31 pontos por meio de rede MPLS”. O Sr. Héctor, destaca que atualmente a Ávato objetiva oferecer expansão de novos serviços ao cliente.


Torre de observação no horto florestal da CMPC Brasil - Unidade Guaíba

Conforme o Sr. Joel Bueno, gerente do projeto: "Atender as 13 primeiras torres da CMPC foi muito desafiador para os times envolvidos, pois dependíamos da logística de todos os equipamentos necessários para a execução, encurtando ainda mais o nosso tempo. A nossa primeira ação foi definir os perímetros e frentes de ataque para delegar as atividades às equipes de infraestrutura. Fizemos sprints bem curtos, muitas vezes 2 por dia, onde nossa margem de erro era quase nula. Tivemos apoio mútuo de todas as áreas da empresa e concluímos a primeira etapa no dia 30/12/2020".


Em suma, desafios como esses, só ressaltam ainda mais a contribuição da tecnologia no dia a dia de todos. O trabalho em equipe e a busca de soluções em cima de oportunidades, só ocasionam o crescimento pessoal e profissional das equipes envolvidas.


Agradecemos a confiança e o desafio!